domingo, 21 de julho de 2013

Questão de escolha.

Eu posso me desesperar, ou manter o controle; eu posso me acabar em lágrimas ou pôr um sorriso na cara; eu posso me abalar com tudo e nada, ou me manter forte. É tudo questão de escolha, pois quem faz minha vida sou eu. Eu decido o que fazer com ela, eu decido como agir diante dela. E os problemas são apenas barreiras, posso destruí-los, dar a volta ou passar por cima, tanto faz, o que importa é que posso enfrenta-los. Pra que me abater se lá fora os problemas são tão maiores? Faço das dificuldades, experiências. Se quer aprender, não vá para a escola, simplesmente viva.
      
Você pode cair, mas terá que se levantar. Se tens um problema, és forte o suficiente para enfrenta-lo. Fique pra baixo, fique mal, triste, desesperançoso, mas não desista. Regresse quantas vezes for, mas tente. Um a hora você vai, uma hora você consegue. Tudo só depende de você. Mantenha o foco e viva.