domingo, 7 de julho de 2013

Doce morte.

Qual é a cara da morte? Ao olhar no espelho, temos essa resposta. A morte é apenas uma consequência de nossas escolhas, que é do que somos feitos. Escolhas. Todos nós somos suicidas, consciente ou inconscientemente; aos poucos ou em um único ato de desespero. Nós fazemos nossa morte.
Você resolve ir por um caminho, mas quem disse que nele não tem um assassino? Você escolheu ir por lá, você fez sua morte, você é a morte.